sexta-feira, 29 de julho de 2016

Bolo negro (torta negra - Venezuela)


O bolo negro não é um bolo que se originou na Venezuela, mas é um bolo tradicional do meu pais. Ele chegou no século passado (nos 40) junto com a migração européia e ficou. Com o passar do tempo foi se adaptando ao paladar do venezuelano e hoje e sinônimo de festa, especificamente da festa de natal. Dificilmente na mesa de um venezuelano (vamos a esquecer a crise) poderia faltar este bolo na hora da degustação das sobremesas natalinas.

E um bolo que se conserva em bom estado por longos períodos a temperatura ambiente, borrifando com um pouquinho do licor da maceração, ou guardando dentro da geladeira ou no congelador.

E neste mês o Coletivo Gastronômico esta de aniversario!!! Sim, a nossa turma faz um ano em que, entre idas e vindas consegue chegar aos nossos seguidores com maravilhosas receitas todo mês, então que melhor oportunidade para apresentar esta receita que já foi degustada aqui no Brasil pela minha linda família brasileira e por meus queridos amigos, e foi 100% aprovada. Para esta maravilhosa comemoração eu decorei meu bolo de festa, adicionando chantilly fresco, cobertura de frutas vermelhas e frutas frescas.

Mas este delicado bolo, cheio de sabor e delicioso cheiro é servido originalmente de forma simples, borrifado de licor e polvilhado com uma leve camada de açúcar de confeiteiro ou uma deliciosa glacê de açúcar. Ele pode ser um ótimo presente para ocasiões especiais, se colocado em uma lata ou marmita decorada ou simplesmente cobrindo com papel celofane amarrado com uma linda fita colorida.

  
Ingredientes:

6 ovos (separadas as gemas das claras)
2 xícaras de açúcar mascavo ou demerara
200 gr. de manteiga em temperatura ambiente
2 xícaras de farinha
1 colher de baunilha
150 gr. de chocolate meio amargo (ou 70% cacau)
1 pitadinha de sal
1 colher de chá de fermento
½ xícara de leite em temperatura ambiente
¼ de xícara de melado de cana
½ colher de chá de canela
¼ de colher de chá de cravo em pó
¼ de colher de chá de gengibre em pó
¼ de colher de chá de noz moscada
500 gr. de frutas secas maceradas***

*** O processo de maceração consiste em picar e colocar as frutas em um frasco de vidro totalmente cobertas por algum liquido ou licor (rum, cachaça ou licor de laranja), fechando o frasco muito bem e guardando em um lugar escuro, isso para conservar, potencializar ou extrair o máximo de sabor dessas frutas (eu coloco na geladeira e deixo até por 2 meses). Na receita usei uma mistura de amêndoas, ameixa preta seca, uva passa (branca e preta), frutas cristalizadas, cerejas em calda, damascos, nozes e castanhas.



Modo de preparo:

Com ajuda de uma peneira, retire o liquido das frutas maceradas e disponha elas em uma vasilha funda. Adicione nas frutas uma o duas colheres de farinha e misture muito bem, dessa forma elas ficaram dentro do bolo e não no fundo deste quando assado. Reserve.


Unte com manteiga e polvilhe com farinha de trigo uma forma ou varias formas de bolo (o bolo negro pode ser feito em marmitas ou formas de diversos tamanhos e formatos, inclusive em lata para dar de presente). Deixe reservada (as). Pré-aqueça o forno a 180 graus.

Separe os ovos, reserve as gemas e bata as claras numa tigela até obter ponto de neve, cubra com papel filme e guarde.

Derreta o chocolate em uma panela (banho Maria) ou em um refratário apropriado para microondas. Reserve.

Coloque a manteiga no copo da batedeira junto com o açúcar, bata até que a mistura tenha uma consistência cremosa, adicione a baunilha e a canela. Incorpore as gemas dos ovos. Adicione aos poucos a farinha alternando com o leite e o melado de cana.

Adicione ao bolo as frutas maceradas reservadas, misture.

Incorpore as claras de ovo em ponto de neve e bata de forma envolvente, de baixo para acima, até tudo ficar bem misturado e homogêneo.

Coloque a mistura na forma ou formas reservadas e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos ou até que ao que ao introduzir um palito no bolo, este saia limpo.

Retire do forno, coloque numa grade especial para bolos e deixe esfriar. Polvilhe com açúcar gelado ou de confeiteiro, e desfrute da deliciosa sensação de sabores deste maravilhoso bolo!!!




E em nosso Coletivo Gastronômico: Bolos de festa, participam:


Cozinha da Gertrudes Bolo de Nozes
Pimenta na Cozinha bolo de-limao e limoncello
Na Cozinha da Carina Bolo de morango e chantilly diet
Postar um comentário